Skip to content

A chapa esquenta, o macho afina e empresa tira o corpo fora

agosto 31, 2012

Como era de se esperar, a história toda com o blog do hormônio teve alguns desdobramentos.

O primeiro, que eu achei até inesperado quando vi, foi um pronunciamento da MTV Brasil (empresa que “hospeda” o blog esteroide) a respeito das denúncias que tinham sido feitas. Aliás, pra ser honesta, achei que o fato de a MTV Brasil se pronunciar foi inesperado – a resposta meia-boca e evasiva que eles deram já era esperada.

MTV Brasil: errada em vários níveis

(Aliás, essa notinha da MTV Brasil foi escrita numa thread da página Nós Denunciamos que denunciava o conteúdo do blog do hormônio, tinha centenas de comentários e compartilhamentos, mas sumiu misteriosamente)

É claro que não ficamos satisfeit@s com isso e reclamamos com na página da MTV Brasil o quanto sua postura de não se posicionar a respeito do blog (não apenas do post específico que vínhamos denunciando) estava sendo inadequada. Afinal, a MTV Brasil deixou nas entrelinhas que só se pronunciou porque estávamos falando de algo que poderia ser considerado crime. Sobre o resto do blog, que “só” glorifica a misoginia sem incorrer necessariamente em crime, nenhuma palavra. Quando começamos a fazer protestos em massa na página da MTV Brasil para que ela se posicionasse a respeito do conteúdo pelo qual é responsável, a resposta da empresa foi bloquear todo mundo e impedir que imagens ou textos de outras pessoas fossem postados na página.

Ou seja, claramente a MTV Brasil quer fingir que essa história toda teve fim – quando ela mal começou.

Como eu disse, há um tumblr inteirinho dedicado a juntar conteúdo misógino postado no blog esteroide. Sem contar a clara relação cordial que ele mantinha com os responsáveis por outro blog de ódio, porém muito mais violento, que foram presos pela Polícia Federal no começo deste ano. É muita ingenuidade pensar que um blog tão acessado como o do hormônio, que recebe patrocínio e visibilidade de uma empresa tão grande quanto a MTV Brasil, não passa de piada e que ninguém leva isso a sério. Vivemos numa cultura do estupro extremamente cruel e, infelizmente, conteúdos como o do blog do hormônio contribuem para exacerbar a crueldade: a cultura do estupro se torna invisível neste tipo de discurso, que tenta colocar a violência contra a mulher como algo digno de risos.

Eu não serei leviana a ponto de afirmar que o conteúdo misógino desse blog serve como incentivo para alguém praticar violência contra mulheres. Mas afirmo que esse tipo de conteúdo é muito útil para dessensibilizar as pessoas em relação a crimes contra as mulheres, para banalizá-los e diminuir sua gravidade. Ou seja, serve para alimentar a cultura de estupro em que vivemos. Temos um exemplo recente, muito triste e absolutamente revoltante, de como isso funciona: o caso das duas adolescentes baianas que foram estupradas por dez homens, membros de uma banda de pagode.

mundo: você não está sendo fácil

O que não faltam são comentários duvidando dos relatos delas, apontando-as como mentirosas, mesmo que um laudo médico tenha confirmado a violência que sofreram. Pior ainda, não falta gente justificando a violência a partir do comportamento das meninas ou de suas famílias. Família, aliás, que vem sendo ameaçada pela atitude louvável (mas que deveria ser a regra) de apoiar as adolescentes e buscar justiça. Além, é claro, do maior absurdo até agora: algumas fãs da banda vêm organizando uma marcha em defesa da banda.

Cultura do estupro pra quem quiser ver

De forma alguma estou ligando a MTV Brasil ou o blog do hormônio ao caso que ocorreu na Bahia. Apenas quero ressaltar como o blog que tanta gente vem defendendo é apenas um exemplo claro da cultura de violência e ódio contra a mulher em que vivemos. Que muita gente adota esse discurso misógino e endossa a cultura de estupro em que vivemos, mesmo sem perceber, até o ponto em que isso fica tão claro que ninguém consegue negar.

Culpar a vítima, um oferecimento: cultura do estupro

Cultura de estupro é isso aí. É uma cultura que prega a violência disfarçando-a de humor. Acima de tudo, é uma cultura de impunidade. No caso do blog do hormônio, já foram feitas diversas denúncias em relação ao conteúdo de ódio que ele divulga e nada foi feito. Fizemos denúncias em relação ao crime de apologia de estupro, ele alterou o post, a MTV Brasil fez uma mea culpa vagabundo e a coisa segue.

Qualquer cultura de violência, como a cultura do estupro, se sustenta principalmente sobre dois pilares: a invisibilidade e a impunidade. É isso que estamos vendo acontecer em relação ao blog do hormônio, com conivência da MTV Brasil. Não custa reafirmar que qualquer empresa de telecomunicação tem a obrigação de obedecer a Constituição Federal, que tem como princípio a defesa da dignidade humana. Não dá pra aceitar que uma empresa patrocine e divulgue um conteúdo que viola a dignidade das mulheres de maneira tão aviltante.

Vivemos num país extremamente machista e misógino. O sangue de milhares de mulheres brasileiras é derramado diariamente no Brasil. Enquanto a MTV Brasil endossar esse tipo de conteúdo, as mãos dessa empresa continuarão sujas. Com o sangue de tod@s nós.

Anúncios

From → feminismo

18 Comentários
  1. li sobre isso também no blog da lola.
    me comove a falta de empatia que homens e mulheres tem com as vítimas.
    porque mulheres ainda estão divididas entre as duas boas e velhas categorias: puta e santa.
    e nem adolescentes de 14 anos escapam. se algo aconteceu, é culpa delas.

    quanto isso do testosterona, é a primeira vez que eu leio a respeito. francamente… muita dor nessa vida, viu? ¬¬

    • testosterona é super velho de guerra entre quem acompanha blogs. não por bons motivos, como dá pra perceber. é gente assim que ajuda a destruir a empatia pelas vítimas, dá um desgosto mesmo…

  2. Joel permalink

    Quanto a fatos criminosos, concordo que deve haver luta pela justiça e punição…

    … agora querer tirar todos os posts do testosterona que são machistas, é ridículo. Feminismo pode, né?

    Ah.. pra mim isso é falta de louça pra lavar!

    • lógico, se tirar todo o conteúdo preconceituoso do hormônio do ar o blog acaba né
      putz, isso aqui é um combo masculinista. dá nem pra levar a sério o tipo de gente que defende esse hormônio esteróide

    • Andreia permalink

      Joel, machismo mata todos os dias, feminismo nunca matou ninguém. Muito pelo contrário, o VERDADEIRO feminismo não é aquele que só abrange mulheres e muito menos o que afirma que elas são contra os homens. Ela abrange homens e mulheres que lutam pela igualdade entre os sexos e contra qualquer tipo de opressão contra a mulher, inclusive o estupro, monstruosidade que a maioria das mulheres sofre pelo menos uma vez na vida (lembrando que o estupro não é somente o ato sexual consumado). Enfim, feminismo pode sim, e deve ser praticado diariamente.

  3. Yuri permalink

    Que falta que não faz uma pia cheia de louça para lavar…

  4. Carla Amaral permalink

    Gente, é muito engraçado isso de fazer comentários machistas para dizer que as feministas estão exagerando. Porque só prova o contrário. Mas enfim…

    • hahaha verdade, né? “Afff vocês feministas são umas exageradas, machismo não existe! Vão lavar uma louça!”. Mascutroll não faz o menor sentido.

  5. Águeda Macias permalink

    Cada comentário inteligentíssimo dos homens aqui, dá pra ver que o nível da argumentação ta alto. Que orgulho, hein.

  6. Eu acho isso realmente muito estranho. Eu sempre leio artigos do tipo, sobre a “cultura do estupro”, por exemplo. Mas isso está completamente fora da minha realidade. Sei que a sociedade tem muito que evoluir, mas eu nunca fui criado pra “dominar” sobre a mulher, nunca cogitei isso e nem ao menos conheço pessoas que pensem assim… Por isso sempre tenho a impressão de que esses artigos são muito sensacionalistas, mas sei lá, talvez eu apenas tenha sorte.

    • Legal esse seu questionamento. É verdade, nem sempre a cultura do estupro fica tão óbvia ou se manifesta de maneira tão cruel como você fala. Na maior parte das vezes, ela se mostra de maneira mais sutil: quando alguém ouve que uma moça foi estuprada e automaticamente se pergunta o que ela estava vestindo, ou por que estava sozinha. Nesse caso aí do New Hit fica óbvio como tentaram (e tentam) culpar as vítimas. Isso é cultura do estupro. Mas nem sempre ela fica tão escancarada. Acredite, é sorte mesmo crescer sem perceber isso. Sorte que as mulheres não costumam ter.
      Beijos

    • A maioria das pessoas pensa assim. Homens acham estranho essa ideia de que a mulher ainda é tratada de forma completamente diferente do homem nos dias atuais, mas não acham nada estranho chegar em casa depois de um dia inteiro de trabalho e sentar no sofá enquanto sua esposa faz a comida e cuida dos filhos, sendo que ela tbem acaba de chegar do trabalho. Ou será tbem super comum os dados que apontam o numero de mulheres que sofrem qualquer tipo de violência diariamente? E ainda, como já falado em outros comentários, culpar a vítima de um estupro, já que esta estava no lugar errado, na hora errada, com a roupa errada. ainda é super comum. Não afirmo que vc é uma pessoa que reproduz isso, pois não o conheço. Só quero lhe mostrar que isso existe sim, até mesmo para quem não quer ver.

  7. Carlota permalink

    Poxa, quanta originalidade Yuri e Joel, nunca escreveram isso antes….
    hahahaha “machismo não pode, mas feminismo sim…” como se os dois fossem antônimos…. os nomes realmente complicam as cabecinhas, eu vejo uma dificuldade imensa das pessoas entenderem que feminismo não é o oposto do machismo, não é considerar homens inferiores. É impressionante a ignorancia total da pessoa. Vamos estudar galera, p não ficar falando merda…

  8. brunobelo permalink

    Somente idiotas, como o Joel, podem achar que machismo e feminismo são a mesma coisa. Machismo é vc oprimir as mulheres, feminismo é vc querer que elas tenham OS MESMOS direitos dos homens.

  9. Rafael permalink

    Eu discordo da cultura de estupro. Penso o mesmo pra quem é assaltado. Saiu na rua com dinheiro na carteira? Tá pedindo pra ser assaltado, né? Depois não vem reclamar que foi assassinado pelo assaltante, ninguém mandou vc insinuar seu dinheiro pra ele. (acabou a ironia)

    • por favor, nao compara com assalto pq as motivaçoes sao diferentes. os 2 sao crimes, os 2 envolvem falta de respeito pelo outro, mas a natureza de um crime contra o patrimonio é conseguir dinheiro. se o outro entrega sem resistencia, ele nao vai ser machucado, humilhado. estupro já é uma lesao ao corpo do outro, nao é pelo desejo sexual, é pelo prazer de dominar e humilhar. idosas sao estupradas, homens sao estuprados, crianças sao estupradas. tem tudo a ver com poder, com se sentir dono do outro. pobres precisam de dinheiro por diversos motivos, entre eles comer. fora isso, moradores de rua geralmente sao viciados em drogas e a secura faz com que eles roubem para comprar mais droga. se droga fosse gratis, eles nao roubariam. se eles nao fossem viciados, nao roubariam. sao crimes de natureza distintas.

  10. Flávio permalink

    A MTV tem histórico de discriminação a MTV americana demorou anos para apresentar um clip com cantores/cantoras negros(as), o 1º foi do Michel Jackson, sempre evitei esse canal.

  11. Fulano permalink

    tanto o machismo quanto o feminismo são idéias imbecis que infelizmente foram além dos anos 60. um é a crença de que testículos te dão poder sobre outras pessoas, e o outro, de uns anos pra cá, tem sido a ideia que escrever longos textos sobre acontecimentos que ganham mídia vai mudar o mundo. o pessoal do new hit(que eu nunca tive o desprazer de ouvir) agiu de má fé, como um bando de criminosos, e cabe a nós enquanto sociedade julgá-los e puni-los. E também, a nós, fazer um pequeno exame de consciência: se fossem garotos de 16 anos numa situação semelhante, nós iríamos empunhar nossas espadas, ou ainda temos um pouco de sexismo dentro de nós, o bastante pra ignorar (sim, coisa parecida acontece com meninos/homens também, diariamente)?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: